A avaliação do concurso público para o Tribunal Regional Federal da 2ª Região varia de acordo com o cargo pretendido. Poderá haver prova objetiva, redação, teste físico, exame prático e estudo de caso. O objetivo do processo seletivo é formar cadastro de reserva para os cargos de Técnico e de Analista Judiciários.

A prova objetiva será aplicada para todos os candidatos. A previsão é para o dia 25 de março, no turno da manhã para os candidatos a Técnico Judiciário (todas as especialidades) e Analista Judiciário (área judiciária, na especialidade  execução de mandados). Os demais participantes farão o exame à tarde. No dia posterior devem ser liberados os gabaritos.

No mesmo dia do exame objetivo, haverá redação para quem concorre à função de Analista, nas áreas Administrativa e Judiciária (habilitação de execução de mandados); e estudo de caso para candidatos a Técnico Judiciário (Informática).

Para concorrentes a Analista (Taquigrafia), Técnico (área Administrativa – especialidades telecomunicações, eletricidade e sem especialização) passarão por uma prova prática, previstas para 26 e/ou 27 de março ou 02 e/ou 03 de junho. Nos mesmos dias, quem aspira ao cargo de Técnico (área Administrativa – segurança) passará por teste de capacitação física.

O resultado final e a classificação geral devem ser divulgados em abril.

Deixe Seu Comentário: