O Presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) solicitou ao governador o aumento de verba para realizar o concurso público que já está autorizado desde abril de 2010. A oferta será de 500 oportunidades para cargos de todos os níveis de escolaridade, sendo 200 imediatas e o restante formará cadastro reserva.

O TJ-AM necessita dessa seleção para solucionar sua deficiência de prestação jurisdicional. Já estão ocorrendo reuniões com o governador, que pretende facilitar a realização do certame.

As maiores carências são os cargos de secretaria (nível médio e superior), auxiliar judiciário (fundamental), assistente judiciário (médio e superior), oficial de justiça (superior), analista judiciário (superior), assistente social (superior) e psicólogo (superior).

Deixe Seu Comentário: